10 DE DEZEMBRO | |

Rio Branco, AC

Giro Acreano no Facebook Giro Acreano no Twitter Giro Acreano no Google Plus Fale conosco
Publicado em 27/11/2017 - 14:37

Policiais Militares realizam sonho de garoto com surpresa em seu aniversário

Durante a festa, realizada no último sábado, 25, policiais do 2º Batalhão da PMAC foram até a casa do pequeno Fernando para realizar o sonho de ter policiais de verdade em seu aniversário.

Por Marcelo Torres,
da Agência de Notícias do Acre.

Toda criança tem um super-herói que admira, seja personagens de história em quadrinhos como Homem-Aranha, Batmam, ou até o Superman. Mas esse não é o caso de Fernando Roberto da Silva, que em seu aniversário de 10 anos pediu como tema da festa a Polícia Militar do Acre.

Durante a festa de aniversário, que ocorreu na tarde deste sábado, 25, uma guarnição do 2º Batalhão da PMAC, com quatro policiais, foi até a casa do pequeno Fernando para realizar o sonho de ter policiais de verdade em seu aniversário.

Desde muito novo, Fernando sempre admirava os programas policiais que passavam na televisão, a admiração do garoto é tanta que este ano ele pediu aos seus pais que o tema fosse da Polícia Militar. Para isso toda decoração foi feita com as cores e enfeites da PM, além do próprio garoto que estava vestido de soldado da corporação.

“Organizamos toda festa com referência à Policia Militar, mas faltava a presença da própria policia. Foi quando fiz o convite ao comando da PMAC para participarem desse momento de alegria e a realização do sonho de Fernando, que para minha surpresa, foi atendida”, explicou a mãe do aniversariante, Francisca Siqueira.

Fernando, que já era fã incondicional do trabalho da polícia, se diz orgulhoso em recebê-los em sua casa. “Estou muito feliz em ter em meu aniversario os policiais de verdade, vou poder contar aos meus amigos que eles vieram mesmo em minha casa e me deram uma blusa e um boné da Polícia”, comentou, eufórico.

Para o Sargento da PMAC, Alisson Pires, é gratificante saber e sentir “o carinho que eles sentem por nós e pelo que fazemos, essas atitudes nos deixam sensibilizados em ver que uma criança não tem aquele pensamento que muitas pessoas acham, que a polícia é truculenta e age de forma errada. Ver uma criança com esse sentimento de admiração nos incentiva a trabalhar cada vez mais em prol da sociedade acreana.”


Veja também

Deixe seu comentário