17 DE OUTUBRO | |

Rio Branco, AC

Giro Acreano no Facebook Giro Acreano no Twitter Giro Acreano no Google Plus Fale conosco
Publicado em 24/07/2017 - 12:40

Município de Feijó recebe obras de ampliação do sistema de captação de água

O objetivo é eliminar os riscos de falhas na distribuição de água potável causados pelo baixo nível do Igarapé Diabinho.

Da Redação,
Portal Giro Acreano

Uma extensão de 2,35 quilômetros de adutora está sendo instalada no solo, cortando ruas da cidade. Foto: Cedida

A cidade de Feijó recebe as obras de implantação de um novo sistema de captação e adutora de água bruta. O investimento do governo do Acre, por meio do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), reforça o fluxo de abastecimento no município.

Uma nova central que capturará a água no Rio Envira assegurará que toda a cidade apresente uma rede de abastecimento que funcione 24 horas por dia. O objetivo é eliminar os riscos de falhas na distribuição de água potável causados pelo baixo nível do Igarapé Diabinho, manancial do qual atualmente se faz a coleta de água para o tratamento.

Uma extensão de 2,35 quilômetros de adutora, com o diâmetro de 250 milímetros, está sendo instalada no solo, cortando ruas, até as margens do Rio Envira.

“No local serão instaladas uma subestação de energia, novas bombas e balsas flutuantes para captarmos água de uma região que não corra o risco de secar. Com isso atenderemos à população da zona urbana com água em suas torneiras, o dia inteiro e todos os dias”, destaca o diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães.

A atual produção das três Estações de Tratamento de Água (ETAs) da cidade é de 100 litros por segundo. Esse quantitativo é suficiente para atender as demandas das redes domiciliares da cidade, que dobrou nos últimos dois anos para 2.400 ligações.

“O novo sistema trabalhará de modo alternado com o antigo. Em caso de necessidade de manutenção em alguma das bombas, a população não ficará prejudicada, pois o outro conjunto trabalhará normalmente captando água para o tratamento”, destaca a engenheira do Depasa Dannya Coutinho.

O recurso das obras é oriundo do termo de compromisso entre o governo do Acre e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), no valor de R$ 2.317.701,07.

* Com informações da Agência de Notícias do Acre.


Veja também

Deixe seu comentário