21 DE SETEMBRO | |

Rio Branco, AC

Giro Acreano no Facebook Giro Acreano no Twitter Giro Acreano no Google Plus Fale conosco
Publicado em 04/08/2016 - 09:36

Governo do Estado inicia construção da nova sede do 3° Batalhão na Baixada da Sobral

Além da nova sede na Baixada da Sobral, será reformado também o 5º Batalhão em Rio Branco e os quartéis da Vila do V, Manoel Urbano, Mâncio Lima, Capixaba, Assis Brasil, Xapuri, Tarauacá, Senador Guiomard e Rodrigues Alves.

Saulo Negreiros,
Assessoria PMAC

Além da nova sede na Baixada da Sobral, será reformado também o 5º Batalhão em Rio Branco e os quartéis da Vila do V, Manoel Urbano, Mâncio Lima, Capixaba, Assis Brasil, Xapuri, Tarauacá, Senador Guiomard e Rodrigues Alves.

Além da nova sede na Baixada da Sobral, será reformado também o 5º Batalhão em Rio Branco e os quartéis da Vila do V, Manoel Urbano, Mâncio Lima, Capixaba, Assis Brasil, Xapuri, Tarauacá, Senador Guiomard e Rodrigues Alves.

 

Como parte do planejamento que visa à reestruturação dos quartéis da Polícia Militar do Acre (PMAC) na capital e no interior, as obras que compreendem a construção do 3°batalhão iniciaram nesta semana. A nova unidade militar será construída na Baixada do Sol.

De acordo com a Assessoria de Planejamento, estudos iniciais identificaram a instabilidade do aterro existente no terreno do novo quartel, fator este que aumentaria os custos da obra, como também, um certo período para sanar esses problemas.

“Após estudos dos engenheiros da PMAC em conjunto com a Secretaria Executiva de Obras Públicas (Seop), a ordem de serviço foi readequada, o que permitiu que a obra fosse retomada dentro do mesmo patamar de custos inicialmente orçados. Iniciaremos, de fato, a construção da nova Unidade Militar”, disse o Capitão Felipe Russo, chefe em exercício da Assessoria de Planejamento.

Além da nova sede na Baixada da Sobral, será reformado também o 5º Batalhão em Rio Branco e os quartéis da Vila do V, Manoel Urbano, Mâncio Lima, Capixaba, Assis Brasil, Xapuri, Tarauacá, Senador Guiomard e Rodrigues Alves.


Veja também

Deixe seu comentário