17 DE SETEMBRO | |

Rio Branco, AC

Giro Acreano no Facebook Giro Acreano no Twitter Giro Acreano no Google Plus Fale conosco
Publicado em 17/01/2017 - 10:36

Governo do Estado do Acre vai investir R$ 137,9 milhões na produção familiar

Uma das cadeias que vai receber mais recursos é o açaí. Serão R$ R$ 3,5 milhões, beneficiando 152 famílias de produtores rurais de Feijó e Mâncio Lima.

Da Redação,
Giro Acreano

Agricultura Familiar. Foto: Arisson Jardim/Secom

A Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) deu início nesta segunda-feira, 16, ao planejamento estratégico para definir as ações e os investimentos dos programas que serão desenvolvidos pela instituição ao longo dos próximos dois anos.

A boa notícia é que a produção familiar acreana vai receber valor considerável para promover as atividades produtivas. Está previsto para o biênio 2017/2018 um investimento de R$ 137,9 milhões.

Planejamento vai definir as ações e os investimentos na produção familiar no Acre para os próximos dois anos (Foto: Leônidas Badaró/Secom)

Os recursos serão investidos no desenvolvimento das cadeias produtivas que estão sob a coordenação da Seaprof, que são, atualmente, a borracha, a castanha, a fruticultura, a suinocultura, o mel, a horticultura, a avicultura, a mandioca, a piscicultura, os polos, a certificação, o cooperativismo, a assistência técnica e extensão rural e a extensão indígena.

Uma das cadeias que vai receber mais recursos é o açaí. Serão R$ R$ 3,5 milhões, beneficiando 152 famílias de produtores rurais de Feijó e Mâncio Lima.

Segundo Edivaldo de Andrade, coordenador do programa do açaí, as famílias beneficiadas vão receber um investimento ainda mais completo.

“Além da distribuição de mil mudas para as 152 famílias, a pedido do próprio governador vamos implantar um sistema de irrigação e mecanizar dois hectares para o plantio do açaí em cada propriedade. Assim, a produtividade dessas comunidades será maior e as famílias vão conseguir melhorar ainda mais sua renda”, afirma Andrade.

Planejamento também vai ao interior do estado

Depois de concluído o planejamento de cada cadeia produtiva, a previsão de investimentos e as prioridades serão levadas para discussão no interior do estado (Foto: Leônidas Badaró/Secom)

O cronograma do planejamento da Seaprof prevê reuniões técnicas com todos os gerentes e técnicos de cada cadeia produtiva ao longo dos próximos dias.

Fechada essa etapa, o planejamento será levado a todos os municípios do interior, para a avaliação e sugestão das equipes dos escritórios.

“Depois de consolidar essas informações de cada cadeia produtiva, vamos a todos os escritórios, para que possamos unificar as demandas e definir as prioridades de cada município”, destaca Thaumaturgo Neto, gestor da Seaprof.

O secretário de produção familiar do governo fala ainda da importância do planejamento para garantir que os investimentos cheguem com qualidade ao produtor rural acreano.

“A orientação que temos do governador Tião Viana é que os recursos sejam aplicados da melhor forma possível, para que os produtores fiquem satisfeitos e nós continuemos a promover o desenvolvimento da produção familiar no Acre”.

* Com informações da Agência de Notícias do Acre.


Veja também

Deixe seu comentário