18 DE SETEMBRO | |

Rio Branco, AC

Giro Acreano no Facebook Giro Acreano no Twitter Giro Acreano no Google Plus Fale conosco
Publicado em 04/04/2017 - 14:30

Detran apoia movimento cidadão contra mortes no trânsito

Durante a atividade, as equipes de educação e fiscalização do Detran conversaram com os condutores e distribuíram material educativo, além de organizar o fluxo de veículos no local.

Da Redação,
Giro Acreano

Equipes de agentes e educadores de trânsito participaram da atividade. Foto: Daigleíne Cavalcante /Detran

Quem transitou pela Avenida Antônio da Rocha Viana, nas proximidades do Horto Florestal, no início da manhã desta terça-feira, 4, recebeu orientações de prevenção a acidentes de trânsito.

É que familiares e amigos, em memória de Marina de Oliveira, estudante de jornalismo, morta em um acidente de trânsito no dia 4 de abril de 2016, e equipes do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC)  realizaram uma ação educativa para chamar a atenção da sociedade sobre a necessidade do respeito no trânsito.

Marina estava indo ao trabalho quando outro veículo invadiu a contramão e causou o acidente. De acordo com a perícia, o carro causador da batida excedia a velocidade máxima permitida da via, que é de 40 km/h.

Sua mãe, Isaura de Oliveira, comentou sobre a responsabilidade humana e social que todo motorista tem, na condução de seu veículo de forma educada e respeitosa. “Minha filha foi morta no trânsito pela atitude de alguém que decidiu exceder os limites de velocidade e realizar manobras perigosas. Se ele tivesse respeitado as leis de trânsito, ela ainda estaria aqui. Se todos respeitassem as regras e tivessem amor ao próximo, muitas famílias deixariam de sofrer o que estamos sofrendo”.

Durante a atividade, as equipes de educação e fiscalização do Detran conversaram com os condutores e distribuíram material educativo, além de organizar o fluxo de veículos no local.

* Com informações da Agência de Notícias do Acre.


Veja também

Deixe seu comentário