16 DE AGOSTO | |

Rio Branco, AC

Giro Acreano no Facebook Giro Acreano no Twitter Giro Acreano no Google Plus Fale conosco
Publicado em 23/03/2018 - 09:24

Após mais um ‘blefe’, MDB volta a apoiar Gladson e assume papel de coadjuvante

A decisão dos líderes do MDB aconteceu após intensas conversas do ex-prefeito Vagner Sales com o grupo progressista.

Da Redação,
Portal Giro Acreano.

Conforme já havia sido sinalizado por um dos líderes do MDB, João Correia, há três dias, em entrevista exclusiva à Folha do Acre, o partido optou na tarde de quinta-feira (22) por voltar a apoiar a candidatura de Gladson Cameli (PP) ao governo do Estado e esquecer o “balão de ensaio” que seria apoiar o pré-candidato Ulysses Araújo.

A decisão dos líderes do MDB aconteceu após intensas conversas do ex-prefeito Vagner Sales com o grupo progressista.

Os dirigentes do MDB usaram como argumentos para voltar ao grupo de Gladson Cameli, com o qual haviam rompido dia 15 deste mês, uma espécie de pressão que estariam sendo feita pelos prefeitos do interior para que o grupo não apoiasse Ulysses Araújo.

Com a volta do MDB ao bloco liderado pelo PP se complica a situação do pré-candidato ao Senado pelo MDB, Márcio Bittar, que de forma alguma quer voltar a aliança com Gladson, mas que não pode seguir com a pré-candidatura à revelia do partido.

* Com informações de Gina Menezes, do Folha do Acre.


Veja também

Deixe seu comentário